Tubaína

domingo, 16 de novembro de 2008


Aos almoços de domingo, seguiam-se doses de tubaína. Se eu não me engano, era da marca Tabu. Talvez ... Pode ter sido Paulista, também. Vinha em garrafas de vidro, de 600 ml, equivalente às garrafas atuais de cerveja. Era forte e gaseificada e o gosto se me ficou na memória gustativa desde então.


Como muitas coisas boas, a marca se perdeu em algum momento entre os anos 70 e 90. Nunca mais soube da Tubaína Tabu. Se me ficou também que o refrigerante era um acompanhamento especial dos almoços de domingo - macarronada e frango, preferencialmente. Comida de sítio, posto que morávamos então na zona rural.


A tubaína é uma marca (como a gilete e o bombril, que viraram sinônimos de lâmina de barbear e de esponja de aço). Foi criada pela empresa Ferráspari, em 1932, em Jundiaí, interior de São Paulo. O sabor da tubaína é de tutti-frutti (um suco de várias frutas), muito semelhante ao guaraná. Mas, para mim, era ainda mais gostosa do que o guaraná.


Entre os anos 40 e 50, os concorrentes da Tubaína pediam autorização do fabricante Ferráspari para usar o nome em outros refrigerantes como Taubaína (de Taubaté) e Itubaína (de Itu). O nome "tubaína" foi criado pelo italiano Pedro Pattini, fundador da Ferráspari, para designar as balas inicialmente produzidas pela empresa. Depois, quando começou a produzir refrigerantes, deu o nome "tubaína" ao delicioso suco de todas as frutas gaseificado.


A tubaína era o refrigerante regional por excelência, antes da invasão das colas norte-americanas. Aliás, as colas eram raras. O sistema de distribuição não chegava ao interior do Estado de São Paulo. Ainda hoje, a tubaína, que é um refrigerante de baixo custo, é bastante popular no interior de São Paulo.


As marcas mais conhecidas de tubaína são (eram): Rainha (extinta), Tabu (extinta), Bremer (extinta), Conquista, Funada, Frutty Bom, Simba, Don, Arco-Íris, Cristalina, Estrela, Minada, São José e Baré. Atualmente, tubaína é a palavra usada para designar todos os refrigerantes tutti-frutti no mercado brasileiro, de forma geral. Mas, na minha mente e coração, está inscrita a Tubaína Tabu como a legítima.

Comments

3 Responses to “Tubaína”
Post a Comment | Postar comentários (Atom)

Anônimo disse...

a tubaina TABU era produzida aqui na minha cidade ( são roque sp ) a fabrica fechou no fim dos snos 80

21 de outubro de 2011 18:41
Manolo disse...

É verdade a tubaína Tabu era produzida em São Roque pela empresa Maravilha. Atualmente parte foi para a Real D´Ouro no caso os vinhos.
Em uma pesquisa passada obtive a informação que uma empresa do interior de São Paulo havia comprado, tanto a marca quanto as formulas e pretendiam retornar mas infelizmente esta também faliu e nos deixou só na saudade.
Tubaína de verdade era com certeza a Tabu que tinha outros sabores e todas eram maravilhosa. A Ferráspari é detentora da marca ( tubaína) mas nem de longe consegue levar o sabor da Tabu.
Agora eles estão tentando unificar a marca tubaína em todos os fabricantes da bebida espero que não consigam existem outras marcas com grande qualidade e sabores muito gostosos quanto a tubaína da marca Ferráspari que leva o nome de Tubaína Original é rançosa e de mal gosto diria até arrogante como o presidente da Ferráspari, José Gáspari.
Essa não da pra engolir.

13 de janeiro de 2012 19:14