A árvore que dá de beber

terça-feira, 28 de outubro de 2008


O umbuzeiro/imbuzeiro é a árvore que dá de beber (ymb-u, em tupi-guarani) e que dá também o umbu ou imbú. Se eu não me engano, já conhecia o nome desta fruta dos livros de José Lins do Rego. O imbú (era assim que o escritor grafava) é uma fruta nativa do Nordeste e típica da caatinga.


As frutas do imbuzeiro são redondas, de vários tamanhos e podem ter a casca verde ou amarela (quer mais terreiro do que isso?). Devido ao clima da caatinga, propício, o imbú é macio, tem polpa suculenta e agridoce.


O imbú tanto pode ser consumido in natura, cru, quanto em conserva. Também pode ser transformado em suco (como quase todas as frutas do Nordeste), vinagre, marmelada (deveria ser imbúlada) e compota, com um delicioso imbú em calda.


E tem até mesmo um prato típico: a umbuzada. Para fazer uma umbuzada, leva-se a fruta ao fogo, cozinha-se com água, extrai-se as sementes e casca, peneira-se, adiciona-se açúcar e leite e, pronto, o imbú ou umbu transforma-se num creme, em refeição que aquece o corpo e o coração. 


O umbuzeiro é, de certa forma, o primo pobre da mangueira. "Árvore sagrada do sertão", nas palavras de Euclides "Os Sertões" da Cunha, o umbuzeiro ou imbuzeiro (Spondias tuberosa, L., Dicotyledoneae, Anacardiaceae) não tem nada de embusteiro. É, como todo sertanejo, antes de tudo, uma árvore forte. Do agreste (Piauí), de Cariris (Paraíba) e da caatinga (Pernambuco e Bahia). Quando éramos colônia, o imbú era chamado de ambu, imbu, ombu.


O tempo passou e o imbuzeiro continua a gerar imbús, com vários nomes ou não. Dá frutos, sombra e apazigua a sede do sertanejo. A árvore sagrada do sertão me remete àquele arbusto que pegou fogo na Bíblia e não foi consumido. Talvez o deus das pequenas coisas esteja no imbú e o fogo do sertão arde, mas, não verga o imbuzeiro.

Comments

5 Responses to “A árvore que dá de beber”
Post a Comment | Postar comentários (Atom)

La Voyageuse disse...

Parabéns pela cria! Excelente idéia criar um blog para falar exclusivamente de gastronomia.

Bjo

29 de outubro de 2008 01:38
Redneck disse...

La Voyageuse, legal você aparecer por aqui. E obrigado. O que é mais legal é falar exclusivamente sobre gastronomia e, mais exclusivamente ainda, sobre tudo o que o Brasil tem e nós desconhecemos por completo. Até as referências são escassas. Beijo!

29 de outubro de 2008 02:53

Prezado Redneck,

Acredito que se você colocar os créditos das fotografias utilizadas em seu blog, você valoriza o trabalho de todos que fazem dos Blogs um fonte de conhecimento.

13 de dezembro de 2009 12:15
Redneck disse...

Oi Nilton, como vai? Peço desculpas se não creditei a você alguma reprodução fotográfica. Sei que não tem muita desculpa mas o fato de pegar fotos aleatoriamente no Google Imagens pode resultar na republicação de uma foto sem crédito. Por favor, me identifique a foto sobre a qual você fala para que eu possa dar o crédito. De resto, nem sempre é possível identificar o autor da foto que acompanha o post. Obrigado!

14 de dezembro de 2009 19:11
Moisés Arão disse...

Olá meu amigo, vi esses posts sobre umbú/imbú...mas tem uma foto que não condiz com a fruta...essa foto com essas frutas laranjas/amareladas, essa fruta é a siriguela...é sempre bom a gente alertar e por ser um blog informativo seria bom esclarecer pra quem não conhece! Grato!espero ter ajudado

22 de fevereiro de 2010 20:34