Comida paulista - carneiro

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009


Meu irmão cria carneiros para corte. O carneiro foi domesticado ainda na Idade do Bronze (9 mil anos a.C.), por meio do ancestral muflão, originário das montanhas da Turquia e do Irã. O muflão é considerado um dos ancestrais das atuais ovelhas domésticas.

Eu não conheço muito bem as raças de ovelhas, mas creio que as do meu irmão são algum cruzamento de raça Santa Inês, sem pelos. São excelentes para corte, mas não para a produção de leite.


(Os carneiros do meu irmão)

Eu já disse no outro blog que a melhor carne de carneiro que comi foi a preparada com hortelã pelo meu irmão. É um tempero excelente que foi, inclusive, finalista num concurso de carne de carneiro em feira agropecuária de Ourinhos.

Meu irmão tem uma máquina apropriada para o preparo de linguiça e, nas últimas vezes que estive no interior, ele fez linguiça de carneiro com hortelã. A linguiça fica macia, leve, com um toque de hortelã. Assim como a carne.


(A linguiça de carneiro feita de forma semi-artesanal)

Dessa última vez, meu irmão abateu duas ovelhas para consumo nosso, tanto para fazer linguiça quanto para carne de churrasco. Não me canso de elogiar o tempero sobre o qual ele, apropriadamente, mantém segredo. Comer carne de carneiro de criação própria é um dos grandes prazeres do interior.

Comments

4 Responses to “Comida paulista - carneiro”
Post a Comment | Postar comentários (Atom)

Cal Moreira disse...

Gostei do seu blog! Apareça lá no meu, o Maça do Amor (blig.ig.com.br/primeiramordida) e depos me diga o que achou.
Um abraço
Cal Moreira

5 de março de 2009 10:32
Redneck disse...

Cal, valeu a visita. Retribuirei a passada por aqui. Abraço!

5 de março de 2009 18:27
Robson disse...

gostaria de uma receia de como fazer linguiça com carne de cordeiro
Vc poderia me ajudar?
obrigado

28 de dezembro de 2009 18:06
Redneck disse...

Oi Robson, tudo bm? Na verdade, eu mesmo nunca fiz o tempero. Quem detém o segredo de uma maravilhosa linguiça de carneiro é o meu irmão. Ele já até ganhou competição com essa receita. Mas, basicamente, a linguiça de carneiro é temperada com alho, sal, um pouco de óleo para dar liga, pimenta do reino e muito, mas muito mesmo hortelã, bem picadinho. Não sei se te ajuda mas a receita do meu irmão é sigilosa e somente ele sabe. Abraço!

8 de janeiro de 2010 00:18